Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Resenha: Formalização Digital PAN

O Banco Pan lançou recentemente a sua nova plataforma de Formalização Digital. Pude participar do evento de apresentação em São Paulo no mês de Abril.

De lá pra cá venho testando a nova plataforma. Desde a primeira operação fiquei muito impressionada. Venho dividir a minha opinião com você!

Não esqueça de colocar a sua opinião nos comentários abaixo, ⬇ pois é a sua opinião que me ajuda a rechear esse blog de conteúdo!

A proposta da Formalização Digital do Banco Pan

Segundo o Banco Pan:

“Amplie suas possibilidades de negócio com a Formalização Digital. Venda para clientes no Brasil inteiro, de todos os convênios, por meio do sistema PANCred“.

  • Antifraude robusta
  • Fim dos limites físicos
  • Envio via PANCred
  • Em qualquer dispositivo
  • Sem pendências
  • Baixos custos
  • Uma selfie para várias operações
  • Integração mais rápida

Sobre as funcionalidades e a entrega

Realmente o Banco PAN entrega ao Correspondente Bancário todas as funcionalidades prometidas.

Começando pela plataforma de cadastro da proposta. Na primeira tela, inserindo informações em apenas 4 campos, já é possível ter uma perspectiva prévia sobre a situação daquele cliente.

Em seguida, a validação se dá de forma mais objetiva, tendo em vista que os campos da proposta foram reduzidos a apenas 28 campos,  o que facilita muito a nossa produtividade.

O sistema também se apresenta mais dinâmico e inteligente e já informa logo de início sobre a situação do cliente, antes mesmo que a gente prossiga com a digitação.

Antes, precisávamos digitar a proposta inteira, submetê-la à análise, para somente depois descobrirmos se ela passaria pelo crivo do banco ou pelo maciça do INSS.

No vídeo a seguir vocês conferem uma apresentação do Banco Pan, bem legal:

Sobre a Operação na prática

Era o primeiro sábado depois que participei do evento de apresentação da Formalização Digital do Banco Pan.

Meu escritório fica em São Paulo que é de onde administro o Viver de Crédito, mas não viajo sem o meu notebook.

Eu estava visitando familiares em Santos, litoral de São Paulo, onde também funcionam os meus negócios de Correspondente Bancário.

E ali na casa de parentes, naquele sábado de descontração, apareceu uma conhecida que por acaso precisava de crédito consignado do INSS.

E por acaso eu estava com o meu notebook!

Abri meu computador e consultei o CPF. Para minha alegria ela tinha uma margem e mais dois contratos no Banco Pan, passíveis de refin.

E ali tive a oportunidade de testar uma operação na pratica e minha expectativa era grande.

Lembrando que eu poderia acessar de qualquer dispositivo, não só meu notebook, mas também pelo smartphone ou tablet.

Digitei rapidamente as 3 propostas e ao final, como prometido, o link foi gerado. Enviei para o whatsapp da cliente e ela fez a selfie e seguiu os passos do aplicativo, sem qualquer dificuldade.

Detalhe: minha cliente não possui muita escolaridade e é idosa.

Meu encantamento começou assim que concluí o envio das propostas, pois foi muito fácil. Mas eu ainda estava um pouco desconfiada.

Será que tinha dado certo? Será que era só aquilo mesmo, assim tão simples? Será que ia demorar de 5 a 7 dias ou liberaria antes os refins?

Para minha grata surpresa, ao consultar os contratos na segunda-feira já estavam integrados. No dia seguinte recebi a comissão. Simples assim! 🙂

A cliente ficou muito satisfeita. E confesso que eu também fiquei orgulhosa, senti que a fidelizei para sempre com tamanha rapidez na liberação do crédito.

Ressaltando que o percentual de comissionamento está no mesmo patamar de um Itaú, Safra, Olé…

Exceto para espécies de Aposentadoria por Invalidez Previdenciária que continua baixo, mas sabemos que este fator depende das definições da Legislação e dos Órgãos e não do Banco Pan em si.

Você pode testar as funcionalidades e ver como funciona a Formalização na prática, tanto sob o ponto de vista do Correspondente Bancário, quanto sob o ponto de vista do cliente, clicando aqui.

Amor à primeira averbação

Eu me apaixonei perdidamente pelo Banco PAN e passei a focar e direcionar todas as operações para a Formalização Digital do Banco Pan.

E tem sido assim desde então, tenho procurado fidelizar cada vez mais as operações do meu Correspondente Bancário com o Pan e indicado a todos os clientes do Viver de Crédito também.

E acho importante destacar que você precisa entender a necessidade de ser digital e condicionar o seu modelo mental para isso daqui em diante.

Acredito que em breve, em pouco tempo, todas as operações serão digitais.

Há um ano e meio atrás quando comecei a desenvolver o projeto Correspondente Bancário Digital, eu já alertava sobre a necessidade de se tornar digital e se preparar para um novo mercado que vinha surgindo.

Hoje isso é uma realidade, e passou a ser uma necessidade também. Muitos Correspondentes Bancários estão desesperados para se tornarem digitais.

Estamos entrando no mês de Junho e um dos aspectos prometidos durante o evento de Abril era que a partir deste mês, as operações de Portabilidade também já estivessem dentro da formalização digital.

Aguardaremos ansiosos! Contarei aqui no blog depois de testar.

Integração com o projeto Correspondente Bancário Digital 

Ademais, neste mês de Junho vai ter outro evento da formalização digital Pan, desta vez em Santos, e eu vou comparecer para me inteirar sobre as atualizações.

A velocidade das mudanças no mercado de crédito está tão acelerada, que em dois meses certamente muitas coisas terão evoluído do evento de Abril para o de Junho.

Além disso, a plataforma de formalização digital do PAN permite a integração por API diretamente com a promotora parceira e eu quero saber mais detalhes a respeito.

O desafio do Viver de Crédito agora é conseguir viabilizar que seja possível integrar a nossa plataforma também com a formalização digital do Banco Pan e dos demais bancos que vem se digitalizando.

Nossos clientes já contam com automação de propostas dentro de suas plataformas para ofertar crédito como Correspondente Bancário Digital, porém, algumas operações ainda precisam ser formalizadas num processo semi-digital, devido à obrigatoriedade de formalização física por parte de alguns bancos.

Imagine o seu cliente enviar a proposta pelo seu site e ela já cair diretamente na base do Pan?

Seria ótimo para escalar a sua produção, não é verdade? Pois isto é super possível.

E umas das coisas fantásticas da formalização digital do Banco Pan é que ela rompe fronteiras geográficas.

Testamos outros bancos que já operam com a formalização digital, mas o Banco Pan foi o único que funcionou “redondinho” e 100% digital, sem falhas ou intervenção manual.

 


Siga-nos no Instagram: @viverdecredito.

Um forte abraço.

Rosa Oliveira
CEO & Gerente de Projetos Digitais da Viver de Crédito

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Leia outros artigos

Podcrédito: Carlos Nepomuceno

Em entrevista exclusiva para o Viver de Crédito, Ingrid Barth, diretora na ABFintechs e COO & Founder da Linker – banco digital focado em pequenos empreendedores – conta como são os bastidores das fintechs brasileiras e o que podemos esperar desse mercado em ascensão.

Leia mais »