Viver de Crédito | Criação de Sites para Correspondentes Bancários - Como ser Correspondente Bancário

DREX: O que é o Real Digital e como funciona a nova moeda digital do Brasil em 2023

Você vai ler neste artigo:

Desvendando o Real Digital: DREX, a Moeda Digital Brasileira

A evolução do cenário financeiro global tem sido impulsionada pelas criptomoedas e pelas tecnologias blockchain. No Brasil, essa evolução ganha uma nova dimensão com o desenvolvimento da moeda digital pelo Banco Central do Brasil, conhecida como DREX, o Real Digital.

Pode ser que os criptoativos pareçam distantes de seus interesses no momento, mas é inegável sua influência na criação de novos modelos no universo financeiro.

As CBDCs – Central Bank Digital Currencies, moedas digitais emitidas pelos Bancos Centrais, permitem a descentralização das operações. Ou seja, elas não estão sob o controle de um único poder central, como acontece com as moedas fiduciárias.

No Banco Central do Brasil, a moeda digital foi batizada como DREX, o Real Digital. O foco inicial é pagamentos de varejo, fazer com que chegue na mão do usuário final e em ambiente online.

O Real Digital poderá habilitar contratos inteligentes e finanças descentralizadas, proporcionar maior segurança e resolver problemas históricos em transações como: compra e venda de imóveis, veículos, pagamento de serviços, entre outras operações que envolvem confiança e hierarquia de liberação.

Uma Fintech ou Correspondente Bancário que trabalha com Crédito com Garantia de Imóvel poderá garantir operações mais seguras e resolver um problema antigo: Em uma compra e venda de imóvel tradicional, o vendedor transfere o imóvel ou o comprador transfere o dinheiro primeiro?

Ambos poderão transferir para o Contrato Inteligente e fazer uma transação atômica (porque não pode ser divisível). Logo, se um vendedor transfere um imóvel e o comprador não paga, o dinheiro retorna e a operação não é concretizada.

Vale ressaltar que, uma CBDC não é um Criptoativo, mas sim, a moeda convencional digitalizada, desenvolvida para funcionar em um novo ambiente mais moderno, que é a Web 3.0.

Neste artigo, mergulhamos nas características e implicações dessa nova abordagem financeira.

A evolução do cenário financeiro global tem sido impulsionada pelas criptomoedas e pelas tecnologias blockchain. No Brasil, essa evolução ganha uma nova dimensão com o desenvolvimento da moeda digital pelo Banco Central do Brasil, conhecida como DREX, o Real Digital. Neste artigo, mergulhamos nas características e implicações dessa nova abordagem financeira.

DREX: Uma Nova Perspectiva Financeira

O DREX surge como uma resposta inovadora à crescente digitalização do dinheiro e dos serviços financeiros.

Diferente das criptomoedas tradicionais, o DREX é uma moeda digital emitida e garantida pelo Banco Central do Brasil.

Essa iniciativa busca proporcionar maior segurança, estabilidade e eficiência nas transações, ao mesmo tempo em que promove a inclusão financeira em um ambiente virtual.

O que significa DREX?

Batizado inicialmente como “Real Digital”, a moeda digital brasileira foi renomeada para transmitir uma sonoridade mais moderna.

O nome DREX é uma mistura das letras “D” de Digital e “R” de Real, a letra “E” da palavra Eletrônico, e a letra “X” para passar a ideia de modernidade, transação, experiência.

Descentralização e CBDCs

As CBDCs (Central Bank Digital Currencies), incluindo o DREX, são a resposta dos bancos centrais à crescente demanda por soluções financeiras digitais.

Elas representam um passo adiante na busca pela descentralização financeira, permitindo transações diretas entre indivíduos sem a necessidade de intermediários.

A introdução do DREX demonstra a vontade do Banco Central do Brasil de abraçar essa tendência global e modernizar o sistema financeiro nacional.

O Potencial para Contratos Inteligentes

Uma das características mais empolgantes do DREX é sua capacidade de habilitar contratos inteligentes. Isso pode revolucionar setores como imobiliário e automotivo.

Imagine comprar um imóvel ou um veículo com segurança e transparência, onde o pagamento é liberado apenas quando todas as condições acordadas são cumpridas.

O DREX possibilita a automatização desses processos por meio de contratos autoexecutáveis, garantindo a confiança entre as partes envolvidas.

A intermediação financeira em operações de crédito e empréstimos pode ser simplificada e tornada mais eficiente com a introdução do DREX no cenário financeiro.

A Jornada do Real Digital: Testes e Implementação

O Banco Central do Brasil está se preparando para iniciar testes com o DREX Real Digital em 2023.

Esses testes são um passo crucial para garantir que a moeda digital funcione de maneira eficiente e segura em diversas situações.

A implementação gradual permitirá que o sistema seja refinado ao longo do tempo, minimizando riscos e ajustando qualquer questão que possa surgir.

Diferenças entre DREX e Criptomoedas

É importante ressaltar que o DREX não é uma criptomoeda tradicional.

Enquanto as criptomoedas são frequentemente descentralizadas e não reguladas por autoridades monetárias, o DREX é emitido pelo Banco Central do Brasil e segue as diretrizes da instituição.

Isso oferece maior estabilidade e confiança aos usuários, além de facilitar sua integração com os sistemas financeiros já existentes.

Diferença entre DREX e Bitcoin / Outras Criptomoedas

O Bitcoin e outras criptomoedas operam em um ecossistema descentralizado e frequentemente independente das autoridades governamentais, o DREX, nosso Real Digital é uma moeda digital emitida e regulada pelo Banco Central do Brasil.

Dessa forma, enquanto o Bitcoin valoriza a privacidade e a autonomia financeira, o DREX busca combinar a conveniência do digital com a estabilidade garantida por uma instituição central.

Outra característica que diferencia é que as criptomoedas frequentemente enfrentam volatilidade de preço, já o valor do DREX permanecerá diretamente atrelado ao real brasileiro, proporcionando uma base sólida para transações seguras e previsíveis.

Impacto no Setor de Correspondentes Bancários

O setor de correspondentes bancários, que desempenha um papel crucial na intermediação entre instituições financeiras e clientes, também será impactado pelo DREX.

A agilidade e a segurança proporcionadas pela moeda digital podem simplificar as operações desses correspondentes, reduzindo o tempo e os custos envolvidos na realização de transações financeiras.

O Futuro da Economia Digital Brasileira

À medida que o DREX Real Digital se torna uma realidade, a economia digital brasileira entra em uma nova era. A modernização do sistema financeiro através do uso de tecnologias como blockchain e contratos inteligentes promete um ambiente mais eficiente e inclusivo para todos os cidadãos.

A colaboração entre instituições financeiras, reguladores e empresas será fundamental para garantir uma transição suave e bem-sucedida para essa nova fase.

Abraçando a Revolução Financeira Digital

O DREX Real Digital é uma iniciativa que promete revolucionar a forma como interagimos com o dinheiro e as transações financeiras.

Com sua base sólida no respaldo do Banco Central do Brasil e sua integração com tecnologias inovadoras, o DREX tem o potencial de simplificar processos, aumentar a segurança e impulsionar a economia digital.

À medida que testes avançam e a implementação se aproxima, é hora de se preparar para um futuro financeiro mais dinâmico e eficiente.

Queremos ouvir sua opinião sobre o DREX Real Digital e suas possíveis implicações. Deixe um comentário abaixo compartilhando suas ideias e expectativas em relação a essa nova moeda digital que está transformando o cenário financeiro brasileiro.


Gostou desse artigo? Deixe seu comentário abaixo.

Ah, e siga-nos no Instagram @viverdecredito para acompanhar outros conteúdos que compartilho!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Picture of Viver de Crédito®
Viver de Crédito®

Somos uma agência digital referência, especializada em sites para correspondentes bancários, além de outras soluções específicas para o mercado de crédito.

Nosso manifesto

Editorias

Picture of Time de Marketing
Time de Marketing
Todos os artigos
Picture of Rosa Oliveira
Rosa Oliveira
Todos os artigos
Picture of Luiza Olinda
Luiza Olinda
Todos os artigos
error: Conteúdo Protegido!!
Como ser correspondente bancário

Faça sua pré-inscrição e garanta sua vaga na próxima abertura do Fórmula Corbantech.