Viver de Crédito | Corbantech - Posicionamento Digital para Correspondentes Bancários

5 Competências que todo Correspondente Bancário deve dominar

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Você sabe quais são as competências essenciais que todo Correspondente Bancário deve dominar para realizar um trabalho de qualidade?

Estas características acabam sendo diferenciais importantes na definição da permanência ou da construção da identidade profissional do Correspondente Bancário perante os clientes.

Competências são características que podem ser aprendidas e treinadas ou natas. Elas são uma mistura de habilidade com aptidão.

Ou seja, para se destacar no mercado como Correspondente bancário, não basta saber fazer uma operação de crédito, precisa também gostar do que faz. Combinar elementos que tornem a operação excelente, isso é competência.

Neste artigo, listei 5 principais competências que todo Correspondente Bancário deve dominar para que suas operações tenham qualidade.

Não esqueça de colocar a sua opinião nos comentários abaixo, ⬇ pois é a sua opinião que me ajuda a rechear esse blog de conteúdo!

1. Se identificar com o mercado de crédito

Já treinei pessoas que desejavam trabalhar vendendo empréstimos e quando chegamos no tópico de aprender os cálculos de operações e procedimentos de formalização não se identificaram.

Outras que tinham vergonha de revelar aos conhecidos que estavam vendendo empréstimo.

Para atuar nesse mercado precisa não só gostar de fazer operações de crédito, como também, precisa amar.

É preciso muita paixão e sensibilidade para entender com empatia que do outro lado da mesa está alguém em busca de uma solução para um problema que está vivendo ou uma expectativa de realização de um grande desejo.

Vender crédito é como vender um produto qualquer. O tangível é o dinheiro  disponibilizado, e os juros são o lucro do comerciante, que no caso do crédito chamamos de spread bancário.

 

2. Manter o seu negócio como foco principal

Quando digo manter o foco é: não ter a atividade como complemento de renda, mas como renda principal.

O Correspondente Bancário precisa estar atento e acompanhar suas operações de perto. Muita pendência surge no meio de uma proposta em aberto, muitas dúvidas dos clientes aparecem e, além disso, o foco deve ser em vender todos os dias.

Está é uma das características mais necessárias a um correspondente bancário e a que mais impõe desafios. Manter o foco apenas em uma atividade é uma atividade complexa para muita gente.

Se o correspondente não mantiver o foco é muito provável que não tenha sucesso.

3. Habilidade para negociações comerciais

Resumindo: precisa gostar de vender. Tem que ser vendedor nato. Se não gostar de vendas, aí você vai precisar ou formar uma equipe enxuta na qual alguém supra essa sua falta, ou aprender a vender.

E quem gosta de vender, gosta de metas. Gosta de se desafiar, e isso é muito bom! Quanto mais resultados, mais comissão, maior crescimento.

Entretanto, você precisará ser muito otimista, pois o desânimo não faz parte das características de um negociador. Precisa colocar energia em cada operação e fazer acontecer.

Vender “dinheiro” é muito simples, mas como todo produto, precisa ser ofertado com profissionalismo e ética.

É muito gratificante trabalhar com crédito. E um ponto ao nosso favor é que o produto que vendemos é um produto que todo mundo gosta, conhece ou precisa, isso já é meio caminho andado para uma negociação bem sucedida.

4. Ser um Empreendedor

A primeira coisa que você precisa saber é que, para que tudo isso possa acontecer, principalmente se estiver de acordo com o nosso método, você precisa ter uma mente de empreendedor.

Independentemente se você é funcionário ou dono, o seu empenho, a sua mentalidade, não devem ser o de dar lucro a um
Empregador, mas se superar cada vez mais e elevar cada vez mais o seu patamar de comissão.

A profissão de Correspondente Bancário possibilita que você conquiste a sua liberdade profissional, a sensação de realização pessoal e financeira e tenha mais tempo para outras áreas da vida.

Você precisa ter em mente que depois que aprende e ingressa nestaa profissão, você adquire um problema, que também pode ser uma solução: Como colocar em pratica todo o conhecimento técnico que aprendeu? Como conquistar seu primeiro cliente? Como manter esses clientes?

E é nessa busca diárias de respostas que você desenvolve a sua habilidade empreendedora, aprende a conhecer os seus limites e a se desafiar. E isso é muito bom!

 

5. Habilidade no atendimento ao público

É uma profissão muito dinâmica, e que lida com dores e sonhos das pessoas. Você vai lidar com empreendedores,
idosos, pais de família, jovens e uma infinidade de pessoas, com algum tipo de sensibilidade.

É muito importante você conhecer o estado emocional do seu cliente.

Se um cliente estiver emocionalmente bem, provavelmente ele estará contraindo crédito para realizar um sonho. Pode ser uma viagem, a compra da casa própria, do carro, reformar a casa, e nesse caso, a abordagem pode ser mais entusiasmada.

Já quando o cliente está emocionalmente abalado, é muito provável que o crédito seja para resolver um problema.

Pagar dívidas, ajudar um parente, pagar um tratamento de saúde, e nestes casos, os clientes são muito ansiosos,
desnorteados e muitas vezes, até inconvenientes. Neste caso, a abordagem deve ser de acolhimento e compreensão.

Você deve estar preparado para lidar com as emoções alheias com muito profissionalismo, tranquilidade e paciência.

Lembre-se, o cliente precisa ser entendido e tratado com muito carinho, não só porque a contratação de crédito envolve emoção, mas também, porque, você tem grande chance de fidelizar seu cliente, de modo que ele confiará somente em você para resolver suas questões financeiras em outras oportunidades.

 


Siga-nos no Instagram: @viverdecredito.

Um forte abraço.

Rosa Oliveira
CEO & Gerente de Projetos Digitais da Viver de Crédito

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Leia outros artigos

Podcrédito: Carlos Nepomuceno

Em entrevista exclusiva para o Viver de Crédito, Ingrid Barth, diretora na ABFintechs e COO & Founder da Linker – banco digital focado em pequenos empreendedores – conta como são os bastidores das fintechs brasileiras e o que podemos esperar desse mercado em ascensão.

Leia mais »

atenção

Não fazemos empréstimos. Não somos uma financeira. Somos uma agência de marketing digital, especializada em posicionamento e transição digital para negócios de crédito. Logo, NÃO solicitamos nenhum depósito antecipado (sinal) para liberação de empréstimo. Nem por e-mail, nem por telefone e nem em hipótese alguma. Se você se deparar com alguém usando o nome da nossa empresa para essa ou outra finalidade desse tipo, denuncie imediatamente à polícia civil. Cobrar adiantado para liberar empréstimo é crime e deve ser denunciado às autoridades. em caso de dúvida envie um e-mail para: contato@viverdecredito.com.br.